The Inspirational Speech



Provavelmente o rapaz estava nervoso e tal, até um pouco irritado, mas do meu ponto de vista teve a coragem de dizer aquilo que é verdade, eu tive uns quantos professores assim ou melhor ainda, tive muito poucos que davam aulas de jeito, daqueles que dava vontade de ir, e por muitas vezes me perguntei se seria eu que não tinha vontade de estudar ou se seriam eles que não sabiam dar aulas, a determinada altura decidi culpar os mesmos por não ter paciência para estudar, não que tenha valido de muito tendo em conta os anos que andei com os livros e cadernos para trás e para a frente. Agora observando do ponto de vista do não estudante continuo com a mesma opinião e acho que este jovem danado da vida têm toda a razão, acho que se vão safando os das escolas primárias e até percebo que com o que ganham e problemas que este estado inventa eles não tenham grande vontade de aturar os filhos dos outros mas, lá está, na verdade a escola existe para formar o futuro, tanto pessoal como do país, se não são eles a fazer o esforço quem é que o fará? se os alunos chegam ás aulas e levam com tareias de informação que não é explicada ou cativante que raio de vontade teram esses os mesmos alunos de aprender? E mesmo quando têm, conseguem não se esquecer de tudo passado algum tempo?
Eu suspeito que seja da minha horrível memoria mas as únicas coisas que me lembro das imensas disciplinas que tive ao longo destes anos de estudo são as que me foram dadas por professores que explicavam as coisas com bom exemplos, muitos deles contados como historias, coisas que me foram ditas de maneira casual e não por isso menos sérias, tive um professor de história que nos dava adivinhas para trabalhos de casa, posso dizer que ainda me lembro de algumas, quando lhe perguntamos porque é que ele o fazia ele disse que era para que tivéssemos vontade de vir para as aulas e enquanto ele nos dava a aulas ia associando a adividinha ao que tinha de matéria para nos dar, perfeito, foi dos poucos anos em que tirei boas notas a história e sem sombra de duvidas que foi dos melhores professores que tive.
Se por um acaso apanhei algum professor a ler isto, por favor, não leve a mal, mas a verdade é que a grande maioria de vós são uma bela bosta no vosso trabalho, se por algum motivo os seus alunos têm más notas, pense se a culpa não é sua, e tente ensinar de outra maneira, tente cativar os seus alunos, tente que daqui a uns anos esses mesmos alunos digam que foi formidável, que ainda se lembram do que lhes ensinou, que realmente aprenderam alguma coisa com gosto de o fazer, sem sentir que ali estão por obrigação, tenho a certeza que vai funcionar para os dois lados.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Carpida á vontade que logo eu vejo