Happy 40th The Body Shop


A culpa é desta senhora.
Já lá vão 40 anos.
40 anos a inovar o mundo, a manter o planeta, a cuidar das pessoas com as pessoas, a proteger os animais, 40 anos disto e agora com o novo compromisso Enrich Not Exploit™ que já vos falei que fixa objectivos para se tornarem na Empresa Mais Ética e Sustentável do Mundo.
Sempre um passo à frente, desde o lançamento do Trade not Aid em 1987, para quem não está a par é o programa de comercio justo com as comunidades da industria da beleza, à invenção da primeira Body Butter em 1992 e inovação numa boa parte do que é o cuidado do corpo.
Em 2013, finalmente e ao fim de 20 anos de campanhas e mais campanhas contra os Testes de Cosmética em Animais foi finalmente possível a pessoas como eu festejarem a proibição da importação e venda de produtos e ingredientes testados em animais na Europa, apesar de a luta continuar na tentativa de consciencialização a nível mundial. Foi esta a principal e primeira razão para ser consumidora da marca.
Aos 40 anos a The Body Shop vai lançar o projecto das Bio-Pontes uma iniciativa para proteger e regenerar 75 milhões de metros quadrados de habitats danificados é coisa pouca e ajudar as comunidades de viverem de forma mais sustentável.
A isto a empresa acrescenta mais novidades, novas embalagens inovadoras e sustentáveis através da implementação dAirCarbon™, uma nova alternativa ao plástico. Vêm aí também uma nova linha de produtos faciais 100% vegetarianos E uma inovadora linha de fragrâncias que capturam a essência rara, preciosa e viva dos aromas sem danificar a natureza eu já estou a sofrer de ansiedade.
Assim sendo, acho que podemos concluir que esta empresa, tem vindo a evoluir da melhor maneira desde 1976 quando a dita Senhora abriu a primeira loja em Brighton são cerca de 3.300 lojas presentes em 65 países que empregam mais de 22.000 pessoas. Em Portugal são 27 Lojas e 125 empregados.


Nas palavras do seu CEO Jeremy Schwartz:

“Sempre fizemos coisas diferentes, sempre fugimos às regras, fomos arrojados, fomos audazes. Usamos as nossas lojas e produtos para abordar questões ambientais e de direitos do Homem; inspiramos e mobilizamos os nossos empregados e clientes a agirem e os resultados estão aí. Ao olharmos para os próximos 40 anos, o nosso compromisso para uma mudança positiva está mais forte do que nunca. Os nossos produtos enriquecem, mas nunca fazem falsas promessas e nunca foram testados em animais”.

É um compromisso não só da marca, é um compromisso entre a The Body Shop e os seus clientes, um compromisso para enriquecer o planeta e cada um de nós que escolhemos não só os produtos mas também as causas, o comercio justo com as comunidades que ir duplicar e ainda ao abrigo do Bio-Pontes a protecção de animais em vias de extinção.

O que é que se pode dizer mais?

São 40 anos de beleza em todas as suas formas, uma beleza que eu tenho vindo a acompanhar, divulgar e apoiar sempre que possível. São 40 anos a provar que os negócios podem ser uma força positiva e com uma forte componente social.
Um muito obrigado por estes anos e por todos os que ainda estão para vir.

A marca assinala nestes 40 anos alguns dos muitos marcos importantes da sua história:
1976: The Body Shop abre a sua primeira loja no dia 26 de Março em Brighton, na costa sul de Inglaterra. Em 1978 abre a sua primeira loja franchisada fora de Inglaterra: um quiosque em Bruxelas e em 1982 abrem cerca de 2 lojas novas por mês.

1977: The Body Shop lança a famosa linha facial de Vitamina E, que resistiu ao teste do tempo. O primeiro produto da linha de Vitamina E foi o Vitamin E Moisture Cream.

1981: The Body Shop apresenta a icónica fragrância sem crueldade - White Musk® - a primeira a ser produzida com óleo de almíscar vegetariano. White Musk® permanence um icon da The Body Shop. Black Musk é o último complemento da linha.

1985: The Body Shop lança a refrescante Peppermint Foot lotion depois dos corredores da Maratona de Londres se terem dirigido à loja a queixarem-se dos pés cansados.

1986:  A campanha Save the Whale foi lançada juntamente com a organização Greenpeace – a primeira grande campanha lançada por Anita Roddick, que visava chamar à atenção para a ameaça contínua a que estes grandes mamíferos estavam sujeitos. A The Body Shop foi uma das primeiras marcas de produtos de beleza a usar uma alternativa ao esperma de baleia, recorrendo ao óleo de jojoba.

1987:  ‘Trade not aid’ era uma filosofia que Anita Roddick acreditava poder ser eficaz para ajudar a diminuir a pobreza. O primeiro produto de Comércio com as Comunidades da The Body Shop foi um footsie roller (massajador para os pés), produzido no sul da Índia. Graças às relações comerciais com a The Body Shop, a Teddy School abriu em 1994, permitindo que as crianças locais frequentassem a escola. A relação da marca com a Teddy Exports permanece até aos dias de hoje.

1990:  Ano da fundação da The Body Shop Foundation, uma instituição de caridade que financia grupos que defendem os direitos do homem e o ambiente.

1992:  O lançamento da primeira Body Butter, de Manga. Desde o seu lançamento que se tornou num dos produtos mais famosos da marca. Foi imitada e copiada, mas continua a ser única e a arrecadar prémios por todo o mundo.

1996:  A campanha Contra Testes em Animais levou à proibição dos testes em animais em produtos e ingredientes em Novembro de 1998 no Reino Unido e foi a maior petição de sempre (quatro milhões de assinaturas) a ser entregue na Comissão Europeia.

1997:  The Body Shop foi a primeira empresa de cosmética a quem foi concedido o Humane Cosmetics Standard instituído por vários grupos internacionais de proteção animais.

1997: Lançamento do icónico óleo de Tea Tree. O pequeno frasco é uma solução natural muito amada por quem tem borbulhas e procura uma pele limpa. O óleo de tea tree, originalmente comprado na Austrália, vem agora do fornecedor Comércio com as Comunidades do Quénia.  

1998: The Body Shop torna-se membro fundador da iniciativa Ethical Trading. O seu empenho na defesa dos diretos do homem moldou sempre a forma como a marca se relaciona com os seus fornecedores em todo o mundo. Estabelece relações fortes com os fornecedores e, juntos, trabalham para que o comércio ético esteja no centro das suas relações comerciais. A The Body Shop acredita que é assim que os negócios devem ser conduzidos.

1998: O lançamento da linha de Cânhamo que provocou uma grande controvérsia quando a imprensa noticiou a relação entre o Cânhamo e a Cannabis. O lançamento foi um sucesso e o produto é, ainda hoje, um best seller.  

2003: A Campanha “Acabar com a Violência Doméstica” foi lançada para angariar fundos para apoiar as vítimas de violência doméstica.

2006: L’Oréal compra a The Body Shop e sente-se orgulhosa de ter no seu portfolio uma empresa de sucesso, orientada para a natureza e com uma poderosa herança assente em valores fortes e bem definidos.

2007:  The Body Shop torna-se a primeira empresa de cosmética a comprar óleo de palma plantado de forma sustentável.

2008:  The Body Shop apresenta frascos feitos de PET 100% reciclados

2009:  The Body Shop e a ECPAT International lançam a campanha “Vamos acabar com o Tráfico de Crianças e Jovens” que provocou mudanças jamais pensadas e juntou mais de 7 milhões de assinaturas de clientes em todo o mundo, sendo que mais de 20 países se comprometeram a adoptar uma nova legislação como resposta à petição. Foi a maior campanha de sempre promovida pela The Body Shop.

2012:  Lançamento de Drops of Youth Concentrate. O produto, que tem uma fórmula 98% natural e uma tecnologia de células estaminais, tornou-se o produto mais vendido na marca.

2012: The Body Shop lança o projecto Madeira Positiva, para compensar todo o papel à base de madeira que é utilizado nas embalagens primárias, secundárias e em trânsito. Em 2012, o foco foi a Floresta Tropical Atlântica no Brasil e o Sul dos Andes, no Equador.

2013:  Ao fim de 20 anos de campanha, a The Body Shop celebra a proibição de importar e vender produtos e ingredientes de cosmética que tenham sido testados em animais na Europa.

2015: The Body Shop lança uma nova linha facial, Oils of Life, que contém três poderosos óleos: óleo de sementes de cominhos pretos, óleo de rosa mosqueta e óleo de camélia, famosos pelas suas excecionais propriedades revitalizantes. A nova linha premium, juntamente com a nova linha para o corpo, Spa of the World™, foram e continuam a ser um verdadeiro sucesso!

2016: The Body Shop lança o Compromisso: Enrich Not Exploit ™ - está nas tuas mãos.


Sem comentários:

Enviar um comentário

Carpida á vontade que logo eu vejo