São os dentes mas os entendidos na materia dizem que não


Será possível?

Lotinha di mommy, 3 meses, baba por todo o lado e meio mundo a dizer que eram os dentes. O mesmo meio mundo a dizer que não podia ser porque era muito cedo.
Estes pais que de nada sabiam compraram  mordedores, tantos que nem tenho conta se por um acaso vos parecer interessante posso procurar os ditos e partilhar experiência, babetes e até aos 11 meses não sabíamos o que era uma filha sem babetes. Quantas vezes pensei e disse eu que não fazia ideia porque raio lhe continuava a comprar roupa gira se depois não conseguia sair com a cria à rua sem levar uns 5 babetes de reserva na mala.
E depois o pescoço ficava assado, levava com postas de creme hidratante e lá passava.
Aos 4 meses fomos ao médico que nos disse que a gengiva estava mais grossa mas nada de dentes e que era para contar lá para os 6 meses e, e.
4 meses e meio e tínhamos 2 dentes, 5 meses 4 dentes e por aí em diante, tem 13 meses e uns 12 dentes de fora. Eu cá que não sou médica nem nada, que me sigo na confiança pelos médicos nesta questão não os percebo. 
Durante um mês da minha vida todas as sextas-feiras a minha filha fazia febre, todas, eu já achava que ela não queria mesmo ficar connosco de fim de semana, que só podia ter alguma coisa de errado, que se toda a gente me dizia que não era dos dentes, então não era dos dentes, certo?

Nada certo, sempre que me fazia destas febres dias depois aparecia uma pontinha de dente novo e lá andava ela louca com as mãos na boca, os babetes molhados e as postas de creme no pescoço. Parece um cão com fome a babar o joelho do dono à hora da refeição, chega a ser aflitivo tanta baba, baba por todo lado, no babete, na roupa, nos brinquedos, nas mãos e inevitavelmente, na nossa roupa e boca, e cabelos acabados de secar. Não, eu não intendo, os dentes não dão febres dizem, mas se uma grande maioria dos miúdos fica efetivamente com febre, febre vinda do nada e depois aparecem os dentes, porque raio é que não é dos dentes?
A minha filha fez febres desde os primeiros dentes até aos últimos e continuamos à espera.
Pareço a maníaca dos dentes, todos os santos dias lhe lavo os ditos e todos os dias os conto, são à data de hoje 12 credo, já lhe sei ver e ter ideia de quanto tempo leva até os ter de fora, pela grossura da gengiva, pelo esbranquiçar e claro, pela quantidade de baba.
Ao menos ainda posso dizer que se sou uma mãe babada o sentimento é reciproco, só pode ser isso não é?
Se não é dos dentes!

1 comentário:

  1. é verdade.. ela pode estar babada por ter a mãe que tem. mas cá por casa tb foi um suplicio com os dentes e eram montanhas de babetes todos os dias

    ResponderEliminar

Carpida á vontade que logo eu vejo