O truque da água oxinada

Depois do acontecimento, como devem calcular, fiquei com um monte de roupa para lavar que pensei não ter solução alguma mas como na altura tinha vestido algumas coisas que adoro achei por bem e porque não tinha nada a perder fazer uma pesquisa daquelas tipo "como tirar nódoas de sangue da roupa", mais valia a pena ter escrito algo como "como eliminar vestígios que indicam que andámos numa qualquer matança".

Pois que das muitas opções que o sr. Google me apresentou envolvendo leite e afins, (a do leite experimentei e de nada serve) me apareceu uma, água oxigenada, e era simples, não envolvia corar a roupa ou ferver, era tão simples quanto verter a dita sobre a mancha e deixar actuar. Óbvio que as imagens abaixo não são das roupas desse dia, aqui a tragédia foi outra e envolveu uma ida ao veterinário, uma sessão de patacure e uma cadela que não curte cortar as nails. 
Sabem aquele barulho caracteristico que a água oxigenada faz quando pomos nas feridas, aquele pfeffff?
Pronto, tal e qual.
E é só deixar ali e pronto. Não me estragou roupa nenhuma, não deixou a roupa com tons diferentes, nada, incluindo as manchas de sangue.
É uma dica espectáculo.

Podem apontar também que resolve metade do problema de poopa na roupa das crias, é pôr na mancha mal cheirosa e depois deixar de um dia para o outro ao sol e pronto, já está.





De nada.

1 comentário:

Carpida á vontade que logo eu vejo