Ser mamã 7ª edição - A causa



A causa da 7ª edição está ligada aos bebés nascidos no hospital S. João.
Todos nós pais sabemos o que custa em termos monetários criar um filho, são as vacinas, a comida, a roupa, a higiene e todo o sem fim, mesmo, um sem fim de muitas e pequenas coisas que são mesmo precisas e muitas que gostaríamos de lhes poder dar. Felizmente na maioria conseguimos ir cumprindo o objectivo mas também existem muitos pais que vivem com aquela dor na consciência de querer e não poder mesmo, não agora, nem amanhã e nem num futuro próximo.
BANCO DE AFETOS quer apoiar o maior numero de bebés e para isso convida os visitantes a conhecer a associação Bebés de S. João e a colaborar nesta missão. Estas crias precisam de artigos novos de recém-nascido para os enxovais, carrinhos de bebé, parques, cadeira de papa, cama de grades, fraldas descartáveis do tamanho 2 ao 5, toalhitas e produtos de higiene, roupa usada em bom estado até aos 4 anos. Não custa nada dar uma volta ao armário aí de casa e pensar bem se vale a pena guardar todo um sem fim de coisas e coisinhas quando existem bebés a precisar e pais que iram agradecer de coração cheio a ajuda. Um babygrow faz a diferença, aquele tamanho de fralda que já não serve faz a diferença e um café a menos não faz mal a ninguém. Muitos de vocês vão levar os vossos pequenos ao evento, que tal serem eles próprios a fazer o donativo?
Deixem-los sentir o que é isto de ajudar, deixem-los perceber que nem tudo está ali á mão de semear e disponível para todos, deixem-los crescer com o espírito de entreajuda que nem sempre se vê hoje em dia.
Se tiverem a possibilidade podem também fazer um donativo utilizando o IBAN : PT 50 0036 0472 99106003198 38.
7ª edição do Salão Ser Mamã faz o convite
Podem ver alguns dos pedidos e causas no facebook da organização.
E para dúvidas podem enviar email para bebes.saojoao@chsj.min-saude.pt ou através dos contactos:
+351 918 112 825 e +351 918 112 992.

Aos fofinhos que vão desta parte peço que ajudem também com o que poderem, nós aqui por casa vamos fazer o mesmo, e lembrem-se que um dia podemos ser nós e mais importante ainda, os nossos filhos. Quem for daqui da zona e não possa ir mas queira ajudar gritem, eu vou, eu levo!

Sem comentários:

Enviar um comentário

Carpida á vontade que logo eu vejo