É oficial, vamos dar a fuga

Ora que decidimos sair sozinhos sem a cria.
Sair do verbo vamos passar o fim-de-semana fora sem ela.
Do acto, dois dias sem a ver, longe, distanciados por uns 164 km.
E eu que antes de ser mãe defendia, e ainda defendo, que um casal têm que ter o seu espaço mesmo dos filhos, e eu que sempre achei que era a coisa mais natural e que os avós servem mesmo para isso, eles ficam contentes e nós, casal, podemos divertir-nos e descansar e toda a gente ganha, até a cria que passa o fim de semana cheia de mimos claro está, eu que pregava o sermão antes de testemunhar a religião ando desde segunda num misto de yupi-dois-dias-a-poder-dormir-na-boa-com-direito-a-massagem-e-tudo e o NÃO!!!!-FICAR-LONGE-DA-CRIA-NÃO!!!, do género:
- Ela fica bem, gosta bué dos avós e está bem entregue.
- Mas e se eles não dão conta do recado e ela começa a chorar e não têm o colinho dos pais?
- Não vai ser nada, quando chegarmos temos a peste cheia de mimo mas tasse bem.
- Oh e se acontece alguma coisa e ficamos sem conseguir falar uns com os outros?
- Com sorte nem dá pela nossa falta.
- Mas é tão pequenina, se calhar é melhor esperar mais uns 2 anos.
- Estamos mesmo a precisar de um tempo só para dois, vai ser nice.
- E se ela acha que não gostamos dela? e se pensa que não voltamos mais?
- Ai meu Deus, um spa, massagens, pequeno almoço na cama, dormir, dormir muito e quando eu quiser.
- E se quando voltarmos ela já não quiser saber de nós?
- Não têm mal ir.
- É melhor ficar.

De qualquer forma a reserva está feita e paga por isso, lá vamos nós e seja o que tiver que ser, agora vou só ali chorar um bocadinho que as hormonas estão a fazer-me mal...entretanto aproveito para ir ao banho turco...e choro mais um bocadinho...depois vamos comer qualquer coisita fina...e ligar á cria umas 20 vezes só para ela não se esquecer que têm pais...talvez comer uns cupcakes á séria...e aproveitar e arranjar um miminho para a peste...merda!...estou feita mãe galinha, pobre cria!


Sem comentários:

Enviar um comentário

Carpida á vontade que logo eu vejo