Lumbersexuais

Já o Homem sem blogue diz eu assino em baixo, isto é apenas um tipo de metrosexual.
Quer-se dizer depende do cheiro, é, julgo que para distinguir um verdadeiro desleixado desta estirpe de metro é mesmo uma questão de cheiro sendo que um cheira no mínimo a aqua di gio e outro no máximo um qualquer axe. Sendo que um cabelo despenteado dá mais trabalho que um penteado arrumadinho fico um pouco baralhada quanto ao patamar correspondente a estes meninos quase que rebeldes mas no meu ponto de vista dispensávamos as camisas de flanela aos quadrados ou até as mal passadas. No fundo isto a mim parece-me  que não passa de um desleixo cometido por uma meia dúzia de famosos que acordaram sem vontade de se arranjar e que por acaso é semelhante ao estilo comum de outros milhares de homens banais sem o mínimo senso de auto trato pessoal mas que tiveram a sorte de ser vistos por meia mão contada de pessoas que acham que percebem de moda ao ponto de os catalogar como o novo sucesso no panorama feminino
Nã, a mim não me convencem que eu cá gosto muito de um homem sem barba, sem cara de puto, com uma gola de camisa branca bem passada e casaco cintado a cheirar a qualquer coisa diferente do que os outros cheiram.

Nop

Nhé!

Maybe

1 comentário:

  1. Sempre gostei de barbudos, estilo lenhador mesmo, mas hoje, parece que os homens querem a barba pelo sucesso com as mulheres ou porque está na tv, na revista, na moda. :/ Concordo que esse estilo aí é um degrau do metrossexual, sim. Tenho muitos amigos barbudos e todos eles cuidam e gastam com a barba tanto quanto nós, com cabelo! Eu acho um charme! Mas principalmente quando não é 'proposital', como nessas fotos de catálogo', arrumadinhos, enfeitadinhos.A imagem que o homem sem blog usou, que é de um filme com o Ryan, mostra exatamente como ele era lá no filme: era natural, debochado, despreocupado com a aparência. Assim, é legal. Eu curto ;)

    ResponderEliminar

Carpida á vontade que logo eu vejo