É por estarem escondidinhos atrás de um ecrã não é?


É isso que vos leva, caros leitores de blogs, a fazer aqueles estranhos comentários, obscenos e sem sentido, sem querer saber o que é que a pessoa que está deste lado vai sentir ao ler a provocação muitas vezes sem sentido que nos atiram como pedras quentes. Custa-me a crer que se estivessem cara a cara connosco, pessoas que por uma razão ou outro tomam a decisão de partilhar com desconhecidos anónimos o seu dia, os dilemas, as piadas, as preocupações e afins, não acredito que tivessem a coragem de dizer as mesmas coisas que anónimamente escrevem aí, escondidinhos por trás de um ecrã. Pois deixai que vos diga o seguinte, eu cá de minha parte como já devem ter percebido estou-me a borrifar, muito raramente trago a coisa a público e acreditem que (por vezes com alguma tristeza) os comentários negativos são em geral mais que os positivos, não me lamento, não vale a pena, é ignorar e andar em frente, nem em casa digo nada, porque sinceramente eu não escrevo o que escrevo para me fazer a algum tipo de prémio de blog modelo (claro que se ele aparecesse eu ficaria muito feliz), escrevo porque me faz bem, porque adoraria conseguir atingir com as minhas ideias algumas mentalidades mais atrasadas do meu ponto de vista. Não me sinto intocável nem dona da razão mas admito que em varias matérias não me interessa que me tentem explicar que estou errada. Agora, vamos ver uma coisa, pessoas, esse ecrã não vos dá o direito de ofender e não esperar resposta, nem o direito de achar que merecem que quem está deste lado compre uma guerra e venha lavar a roupa suja em praça publica apesar de por vezes a vontade que se têm é de agarrar uns e outras pelos cabelos e arrastar certas cara sem nome contra uma parede de chapisco até chegar ao osso. Este género de blog pessoal, está em extinção.
Eu acho que é uma pena.
Acho porque também sigo uns quantos e adoro.
Acho porque se perde experiências.
Acho porque eu percebo a necessidade que algumas pessoas têm de escrever, de partilhar ideias e fundamentos.
E pronto, era só mesmo isto!

3 comentários:

  1. Tu tem juízo!!! Há 'tascas' que não são para fechar!!! Compensam os bons pela ralé que se esconde atrás da porcaria do ecrã, tá???

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fechar a tasca!
      Isso é que era bom!
      Lá por ás vezes me dar a raiva (e não é as de pacote, apesar de já marcharem) não quer dizer que lhes vá fazer a vontade.
      Olha agora, sou teimosa e persistente de mais para isso!

      Eliminar
  2. Acho bem! Não se pode agradar a gregos e a troianos.

    ResponderEliminar

Carpida á vontade que logo eu vejo