1º Red Lipstick


Querida cria!

Hoje é o teu primeiro Red Lipstick day, pelo menos que eu tenha conhecimento disso :)
Ontem, quando íamos para casa ouvi uma noticia que se referia a um estudo internacional sobre violência para com crianças e foi com imensa revolta, choque, espanto e indignação que ouvi a jornalista dizer que nesse estudo cerca e 80 e qualquer coisa % das raparigas considera que a violência doméstica do tipo psicológico e até algumas chapadas de vez em quando não só são normais como são até saudáveis para a relação com os namorados. Nem sei que diga. Não é verdade sabes?
Vais saber ou pelo menos espero conseguir transpor para ti a ideia que ninguém, em tempo algum te deve maltratar, humilhar ou não te dar o valor que com certeza te será devido. Nada, percebes, nada nem ninguém independentemente do género ou estrato social é de alguma forma superior a ti de modo a que lhe seja permitido fazer contigo ou de ti o que lhe convém ou apetece.
Tens os teus direitos, a tua liberdade de seres mulher, seres feminina ao mais alto nível quer o teu batom seja vermelho ou cor de pele.

Nunca te esqueças disso, sei que vais ouvir e levar com opiniões ultrapassadas mas assim como tenho a certeza que vais ser o meu Karma também tenho a certeza que todas essas opiniões te vão levar a teimar e a persistires até conseguires mudar uma opinião que seja.
Porque não somos putas por pintar os lábios de vermelho, andar de botins de salto fino ou com tops de ceda transparente, não é isso que nos define mas sim a postura e o respeito que exigimos aos outros, o respeito que nos é devido mas que muitos se esquecem de nos dar, nasces com o direito a ele sabes?
Só depende de ti não o perderes, porque isso pode acontecer se não tiveres a noção que andar de cabeça erguida não é o mesmo que se achar superior, nem o teu direito ao respeito dos outros anula o respeito que lhes deves a eles. Porque usar um perfume atraente e ter um olhar penetrante não quer dizer que qualquer um te possa levar para a cama. Porque vestir bem não é uma questão de dinheiro mas de bom gosto e estilo próprio. Porque saberes o que queres e lutares por isso não te vai nunca dar o direito de passares por cima dos sonhos dos outros.
No fundo ser mulher não passa por usar um bom e caro batom vermelho mas sim por saber mostrar aos outros (e principalmente a ti própria) que tens o direito a usa-lo e que ninguém têm o direito de te julgar por isso.

Love.

2 comentários:

  1. olá, olá, há desafio para ti lá no estaminé.
    bj

    ResponderEliminar
  2. Espero viver pra ver o dia em que as mulheres vão se desprender das amarras que a sociedade lança. Violência e abuso, qualquer que seja ele, não deveria ser depositado em ninguém. Ainda espero viver pra ver o dia em que as mulheres irão poder usar o que quiserem e não serem privadas de respeito por isso.
    Gostei daqui ;) Estou ficando.

    Dá uma passada lá no meu canto tbm, caso queira ;)

    Beijoo'o
    http://flores-na-cabeca.blogspot.com.br/

    ResponderEliminar

Carpida á vontade que logo eu vejo