ohhhh a primeira roupa!!

Mais um problema para a minha vida.
Uma pessoa normal pensa que é uma coisa fácil e que se arranja qualquer coisa.
Uma futura mãe pirosa pensa, como raio é que vou fazer esta escolha?
Primeiro, suponho que vai estar frio mas não faço ideia do calor ou não de uma maternidade nem do que a cria vai achar frio ou quente.
Segundo, não faço ideia do tamanho, tudo o que é o tamanho recém-nascido das lojas parecem-me minúsculas, depois as futuras avós dizem que nós nascemos com não sei quantos cm o que não coincide com o tamanho das marcas e depois já nos disseram que a cria é grande, tipo, já é maior que o normal para a idade gestacional.
Terceiro, já comprámos os interiores de algodão todos XPTO que são pedidos/recomendados nas maternidades por causa das alergias e afins...mas vai ser Dezembro, o que envolve lã, que eu não faço ideia se me vão ou não deixar vestir á pequena (nem sei se deva aliás).
Portanto, assim sendo, como raio vou fazer isto?
E depois parece-me importante arranjar a primeira roupa, mas já me indicaram que devo levar pelo menos 4 mudas, até aí ok. Mas e a roupa para quando sair da maternidade, também é importante não?
Vai sentir o sol (ou lá que tempo fizer na altura) pela primeira vez (o que me leva a pensar que raio de roupa vou levar para mim, não faço mínima ideia de onde é que vou caber!).
Apesar de saber que toda a gente nos vai oferecer roupas e mais roupinhas queremos comprar as primeiras (a menos que alguém nos ofereça A ROUPA) especialmente porque já estou á espera das peças fónhónhós, cheias de bonequinhos foleiros que eu rezo que venham acompanhados por talões de compra.
Porém, mamã aqui já descobrir alguns pecados a cometer e Deus das roupinhas de bebés que me ajude porque eu, pessoa que nunca achou graça nenhuma à coisa do bebé fofinho e bem vestido daqueles que toda a gente fica a olhar de lado e quer levar para casa, vou bater no fundo do que é gastar tostões em roupa e por incrível que pareça, não vai ser para mim. Assim sendo aqui ficam os meus até já pecados:

KNOT

Problema tão grande que ainda vira post único.
Eles têm roupas que combinam entre pais e filhos, pijamas especiais para o natal (já vos disse que nasce em Dezembro?), folhinhos básicos, cores que á partida as pessoas não escolhem para bebés (o paraíso para mim) e tudo português, bons tecidos e malhas...enfim!
As fraldas então pode ser uma de cada.

 
 

Depois de dar a volta a todas as  grandes lojas concluí que gosto da ZARA ponto.
Como é que uma pessoa resiste a isto?

VESTIDO JACQUARD APLIQUE  BABYGRO BOTÕES
T-SHIRT PÁSSAROSSWEATSHIRT TEXTO
 CAMISA GOLA DE BEBÉ

E depois temos claro, MIMICES.
Já fiz a lista, vamos começar pela almofada de amamentação, de seguida teremos babetes, fitas de chucha, o porta documentos...




Aguenta-se?
Como é que uma pessoa se safa hã?

2 comentários:

  1. Recomendo a Gocco. Outra onde perco a cabeça! (ao lado da feira dos tecidos ) e a leite creme (ao lado da prenatal). Beijinhos Teresa

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa ao lado da pré-natal já me tinha chamado á atenção mais ainda não tive oportunidade de lá ir.
      Eu vou á falência está visto!

      Eliminar

Carpida á vontade que logo eu vejo