Hoje estamos em alta

Eis que chega o dia em que Carpideira falta ao trabalho, ainda não está a morrer e encontra-se de papo para o ar.
Ontem para não variar foi um dia de stress e com o stress chegou a tensão alta, bonito não é?
A diferença do ontem para o à uns tempos atrás é que existe uma cria e Maria Carpideira, ontem, sai a correr do trabalho em modo fuga ao stress chegou a casa ainda em fase raivosa e declarou:
- ....e se hoje não conseguir dormir outra vez, se amanhã ainda tiver a tensão alta não vou trabalhar!...
Claro que a meio da noite já estava melhor e já dizia a mim própria que só me tinha passado um bocadinho e que a culpa era das hormonas.
A realidade é que voltei a não dormir, não dormir significa que tenho muito tempo para pensar, pensar em nada, em tudo e resultado?
Continuamos em altas, acrescentando a dor de cabeça e o cansaço por não ter dormido nada.
Bem ao menos hoje a cria não está aos pulos tipo adolescente em festival de verão.
De seguida vou ali à farmácia ver qual é o susto de hoje.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Carpida á vontade que logo eu vejo