Ás 12 semanas e diz que foste feito com tudo

Primeiro o susto porque desta vez apanhamos a criatura a dormir, o que comparado com a euforia que ia para aqui na outra eco nos deixou logo com aquela sensação de OH-MEU-DEUS-MEXE-QUALQUER-COISA, mas vá, foi só mesmo a médica que estava concentrada e resolveu contemplar a cria sem nada dizer enquanto nós pais de primeira viagem entrámos em pânico.
Tenho a dizer que as pessoas no hospital foram super simpáticas e atenciosas, a médica depois de sair do transe, acho eu deve ter sentido o ar a ficar pesado, explicou que o pequeno estava a dormir, que ia ter que mudar de posição (tipo umas 7 vezes) para tentarmos apanhar todas as medições que eram necessárias. Mais uma vez comprova-se que a pequena peste sai á mãe no mau feitio, eu cá bem dizia que ia estar de costas e pernas fechadas, mas lá depois de muitos abanos resolveu revoltar-se a a dr.ª apanhou o que era requisitado, ou seja, nada, nada de penduricalho entre pernas, não deu certezas mas diz que muito raramente se engana, de qualquer maneira diz para esperar mais um pouco antes de começar a desvendar toda uma palete de cor de rosas e respectivas nuances. Têm direito a tudo e está tudo dentro dos parâmetros normais para uma criança saudável :)
Eu cá acho que ainda não estou bem convencida quanto a coisa da menina, não sei se por sentido ou se por achar que de alguma maneira não merecia tanto acerto.

Só tenho uma questão em jeito de "coisas que vocês me podiam ter dito", isto não passa pois não, tipo nunca?
Esta incerteza que me corre a alma e me faz congeminar os piores resultados por mais que as provas de que está tudo bem estejam bem na frente dos meus dois olhinhos bem abertos até ao branco.
Não passa pois não?
Vai chegar o dia em que eu não vou estar burrada de medo que alguma coisa aconteça e que a cria fique mal com alguma coisa, que eu vá fazer uma eco e não haja batimento cardíaco, ou de receber a chamada a informar que os meus exames têm algum problema, ou de ir fazer xixi e ver sangue, de pegar numa caixa e sentir uma dor forte, isto não vai passar nunca pois não?
NÃO POIS NÃO?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Carpida á vontade que logo eu vejo