Procrastination para mim!!


Já vai algum tempo que por aqui aprendi o que quer dizer tal palavra, hoje, venho partilhar que estou a sofrer pelo que os outros não fizeram e que como tal EU tenho de fazer. Acho que passou do ato de não fazer agora e deve ter passado a não-vamos-fazer-nunca e quem se veio a lixar fui eu. Agora tenho de fazer o meu, o que outra deixou por fazer, arranjar maneira de ter e por tudo em dia e ao mesmo tempo. Digamos que não sabendo exactamente o que é que se deve fazer e juntando ao não saber qual a maneira de o fazer têm alturas que sinto que não faço mesmo a mínima do que é que ando a fazer, bolas!!
Ando a tentar fazer com que os que me atrapalham ganhem juízo, na semana passada dei comigo a pedir para mudar a forma de fazer as coisas e a explicar aquilo que eu julgo ser a razão da coisa e levo com a resposta:
-As coisas sempre foram feitas assim e não vejo razão para mudarem.

Óbvio que as coisas não funcionavam como deviam de ser, caso contrario tudo estaria em ordem certo?

-Pois mas agora não está a trabalhar com a mesma pessoa e só lhe estou a pedir para simplificar a coisa de modo a eu poder trabalhar mais rápido e acertadamente, o que é que lhe custa?
-Olha eu tenho muito que fazer ok?!

Eu fiquei mais que danada, claro está, continuo a achar que o que pedi não era nada de mais, que simplificava a coisa e como tal estou a preparar-me para enviar um daqueles email's com direito a superiores em CC e olhem, seja o que for, ao menos tentei fazer a coisa da melhor maneira.

P.S.- passado uns 20m desci as escadas e percebi o que era a coisa importante que o outro tinha para fazer. Resumi-se a basicamente, NADA.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Carpida á vontade que logo eu vejo