Un journal à Paris

Sou tão pirosinha com estas coisas.
Em 2011 quando fomos para Marrocos fiz um para dois, o objectivo é guardar as memórias em papel, lembrar os sítios que fomos e o que nos transmitiram, o bom e o mau, os preços das coisas, dicas para amigos que um dia queiram ir. A dois teve mais graça, é giro ver como duas pessoas encaram a mesma situação de maneira diferente. Desta vez sou só eu e uma sócia o que me deu o á vontade de poder fazer um diário todo piroso e de que qualquer homem teria vergonha de ter em suas mãos. E como estou orgulhosa por me ter deitado ás 4 da manhã vou partilhar convosco.









Ainda me falta acrescentar umas coisas como um mapa e afins mas acho que já não vou ter tempo.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Carpida á vontade que logo eu vejo