Era uma vez uma mulher estável


Pois é, aconteceu á uns meses atrás quando por motivos de saúde tive mesmo, MESMO, de deixar de tomar a pílula, de inicio não reparei e o tempo foi passando, como quem quer dizer, os ciclos foram passando e comecei a reparar naquilo que já alguns deviam de ter reparado, a TPM chegou á minha vida como se nada fosse e tornou uma gaija sinceramente paciente em um tornado de grau 20, a alavanca de ignição é uma e uma só, NADA, pois, é a verdade, é que não sei o que raio me dá mas é assim, agora estou bem, agora estou zangada, agora falo na boa, agora rosno ás pessoas, agora quero sair, agora já não quero, agora amo-te, agora tu não gostas de mim. Suponho que não deva de ser novidade para a grande maioria das mulheres mas para mim é na prática uma novidade. Vamos a ver, A minha relação com o ciclo mestrual baseou-se durante todos estes anos no segunde:
1ª menstruação = 13 anos
Para além daquele susto que ninguém quer e todas tivemos por mais que nos tivessem explicado as coisas eu gramei durante dois anos com extremas dores mestruais e por causa disso as 15 anos comecei a tomar o pequeno comprimido e tudo se resolveu e fui feliz durante todos estes anos, afinal á altura com aquela idade se a menstruação viesse veio se não não tinha que me preocupar com a pior parte pois a menos que o divino espírito santo viesse bater á porta, enfim, sem hipótese, julgo que uma vez ou outra lá chegava aquela altura do mês e passava-me com alguma coisa e ficava irritada mas juro que nunca foi nada que se desse conta. Tudo correu bem até que acabou e agora felizmente ainda não tive nenhuma daquelas dores de caixão-á-cova (que ninguém me ouça), se por um acaso o "divino espírito santo" fizer das deles também não era nada de muito grave, um susto, mas nada que não fosse bom, o pior é estas mudanças de humor que me irritam a mim mesma, é que já dei comigo a estar chateada e de mau feitio porque sei que estou chateada e de mau feitio O-o 
É isso e com 27 anos e depois de 14 anos tive de ir a net procurar "quantos dias têm um ciclo menstrual" olhem-me só a idiotice não, senti-me mesmo parva, a minha mãe deu-me um livro que explicava essas coisas todas mas claro tantos anos depois onde é que ele anda e óbvio que já não me lembro. Piora quando cheguei á conclusão que a resposta se baseia em "...em média...", ora bolas, entretanto descobri que me encaixo dentro da média, boa, agora é apontamentos no telemóvel a informar "deve vir a menstruação" cada vez que leio uma destas demoro pelo menos 3 segundos a tentar perceber o que raio é que o meu telemóvel me está a querer dizer. Ainda não entrei em pânico e que assim me conserve durante uns tempos se faz favor. Aproximam-se os dias de mau feitio por isso se de alguma maneira me acharem mais estranho que o normal a culpa não é minha, estou, literalmente, possuída pela TPM, peço desculpas, e, bem, Amor desculpa lá qualquer coisa!
Não sei ainda se vou poder voltar a tomar a pílula ou qualquer outra coisa que envolva hormonas e o meu organismo mas de qualquer maneira queria dizer:
Pílula, minha companheira de vida consciente, volta, estás perdoada.
(De qualquer maneira engordo contigo ou sem ti)

Sem comentários:

Enviar um comentário

Carpida á vontade que logo eu vejo